CHAUVIGNY | Uma viagem até à Idade Média

24 de janeiro de 2019

Em 2018, durante o meu Serviço de Voluntariado Europeu, tive a oportunidade de visitar algumas vilas e cidades da França. Era um dos meus principais objectivos da minha experiência: melhor conhecer este país onde nasci e que me acolhe desde há um ano. Por isso, começou a ser tempo de partilhar convosco algumas dessas descobertas! Hoje começo por vos apresentar uma pequena vila da região onde habito mas que, tal como muitas outras vilas de França, nos encanta assim que percorremos as suas ruas...



Chauvigny é uma vila situada na região da Nouvelle-Aquitaine com cerca de 7 053 habitantes em 2016 e a sua importância está ligada ao seu património medieval. Entre algumas das suas caraterísticas, Chauvigny está como que rodeado de um conjunto de cinco castelos: Château BaronnialChâteau d'HarcourtChâteau de Mauléon, Château de Gouzon e Tour de Flin, que é uma fortificação pouco comum na Europa. 

Na cidade medieval da vila depressa nos deparamos com o Château Baronnial que é o antigo Château des Évêques de Poitiers e que é uma das grandes obras de Chauvigny. Contudo, achei que o seu estado actual de ruína é desolador e para visitar o interior do mesmo - que continuam a ser ruínas - é necessário pagar. Posto isto, apreciei-lhe a ainda assim beleza exterior de um monumento que data do século XII e que merece a devida atenção.  

Segui caminho até à Église Saint-Pierre de Chauvigny que oferece uma bela vista da vila e uns cantinhos bem giros a serem explorados.

Esta foi mesmo uma das primeiras vilas que visitei e admito que me trouxe à ideia aquelas imagens a que me tinha habituado durante todos os anos em que vi o telejornal francês em casa e no qual assistíamos a umas quantas reportagens. Um silêncio presente nas ruas; a história que se encontra escrita nas pedras dos monumentos e as poucas pessoas que vamos encontrando e que dizem um bonjour em modo de sussurro. 

Mas a verdade é que rapidamente me deixei encantar por esta beleza tão simples. São recantos que nos fazem sorrir de forma instantânea e pelos quais saboreei o prazer de me perder. Esta foi uma daquelas pequenas vilas que aconselho a visitarem, caso vos surja a oportunidade, porque penso que não se vão arrepender! Espero que tenham gostado desta primeira partilha e que vos consiga levar, daqui em diante, aos locais maravilhosos que os meus olhos tiveram o privilégio de visitar. 

Enviar um comentário

@luciieblog no Instagram

© luciieblog. Design by FCD.