Aleatoriedades de um mês

11 de outubro de 2018


O último post que escrevi pela blogosfera foi sobre a minha primeira semana de aulas. Hoje passou-se um mês! E em jeito de desabafo e constatação de tudo o que se passou, aqui ficam as aleatoriedades do que aconteceu na minha vida durante os últimos trinta e um dias:

Conheci dezassete novas pessoas com quem vou partilhar os próximos dois anos. Senti, na pele, que por entre essas pessoas, há algumas que me olham de maneira estranha. Aprendi expressões e novas palavras francesas. Tive uma crise de vesícula devido ao stress que este mestrado já me provocou. Percebi que voltar aos estudos depois de cinco anos é algo bastante complicado - coisa que dará para escrever um post. Comecei a trabalhar com HTML e CSS e posso afirmar que trabalhar com código é difícil, mas talvez uma das coisas que mais gozo me dá aprender. Vi o sol nascer depois de uma noite repleta de boa conversa e bons momentos. Já considero a biblioteca como um dos "meus locais". Voltei a portugal para viver o casamento de uma das minhas melhores amigas e, sorte das sortes, passei o dia a dormir e a vomitar. Aos vinte e seis anos voltei a comprar uma mochila. Ainda não voltei ao ginásio por falta de tempo. Já passei mais horas até hoje, na biblioteca da universidade, do que durante os três anos de licenciatura. Resolvi os típicos problemas da burocracia francesa e recebi, finalmente, a minha bolsa de estudo. Já chorei em típico desespero de não ter qualquer certeza sobre se serei capaz de terminar este mestrado. Mas, também já me senti orgulhosa de coisas que fiz. Voltei a sorrir com um sabor especial. Continuei a passar ao CRIJ várias vezes por semana, para dizer um olá às pessoas que fazem parte da minha vida. Já me ri até doer a barriga em jantares com amigos que nos fazem sentir em casa. Revi pessoas que são a minha família de cá. Fui obrigada a deixar o blog de lado por ter o meu tempo contado para o mestrado.  (...)

Passou-se um mês, as certezas ainda não são constantes, mas sei que, no mais fundo de mim, quero muito que este lema One day, I want honestly say, "I made it." venha a ser a realidade! Posso duvidar ainda sobre se tenho, ou não, as capacidades necessárias para terminar este mestrado, mas sei que é isto que quero. Sei que isto é a minha "onda". Sei que, no dia em que [se] conseguir terminar este mestrado, estarei muito orgulhosa de mim mesma! 

Enviar um comentário

© luciieblog. Design by FCD.